A época do inverno está se aproximando e quem quer viajar para "ver neve" já deve se apressar para fazer suas reservas e não pagar mais caro. Com o dólar flutuando cada vez mais alto, muitos brazucas estão optando por destinos na América do Sul onde nossa moeda ainda vale mais. Se sua opção, como a maioria dos brasileiros, for Bariloche na Argentina, um lugar que não pode faltar no seu roteiro é o Cerro Catedral, o maior e mais famoso dos arredores da cidade. 

 

Em Bariloche você vai se sentir que está em um destino turístico brasileiro e diga-se de passagem, você pode pagar em Real mesmo que é bem aceito em todos os comércios locais e aqui já vai a primeira dica, dinheiro vivo vale muito por lá, seja me Pesos, Dólares ou Real e você economiza bastante no IOF e encargos de cartão de crédito.

 

Voltando ao Cerro Catedral, chegar lá é super simples. Basta pegar um ônibus de linha que passa a cada uma hora atrás do prédio do centro de apoio ao turista. No ônibus eles não aceitam dinheiro, somente cartão, então é necessário você comprar um cartão e carregar créditos nele. Pegue o ônibus e avise o motorista, sim, eles são bem atenciosos, que você quer ir ao Cerro Catedral, chegando próximo ao local ele vai te avisar. Mas nem vai precisar porque você saber quando chegar lá.

 

Ao pé do Cerro há várias lojas para você alugar equipamentos de esqui seja qual modalidade você preferir, também há pesssoas vendendo espaço de aulas e muitos, muitos onibus chegando. Compre o ticket de turista para um dia no guichê e entre na fila para o Teleférico já com seu equipamento. Detalhe: Compre comida, água e refri lá embaixo, se possível traga da cidade, mas se você esqueceu, compre lá embaixo, cada vez mais pra cima, mais caro.

 

O teleférico vai parar na primeira estação onde você já pode curtir a neve. Há pontos para treinamento, aulas, um restaurante e espaço para muitas fotos. Aprecie a vista e brinque na neve a vontade. Depois de um tempo, suba no segundo teleférico e suba ao topo do Cerro. O teleférico é aberto neste ponto e muito frio. O vento cortante é dificil de suportar, então esteja preparado, mas a chegada ao topo é algo que vai marcar a viagem. No topo tem outro restaurante todo de madeira e bem decorado. Dica? Tome um café e aprecie a vista. Você vai se sentir naqueles filmes americanos em que o pessoal senta para um papo nas estações de esqui. Até mesmo porque, você está em uma.

 

O Cerro por ser famoso é bem cheio, então tenha paciência e vá bem tranquilo para lá, com certeza vai estar lotado e você vai esbarrar com as pessoas o tempo todo. Mas o passeio vale a pena. Reserve um dia inteiro. Vá para lá por volta das nove da manhã e retorno no final do dia, antes de escurecer. Leve roupa adequada para neve, alimentos e água e câmera fotografica com cartão extra! 

 

 

 

Enjoy it!

Sobre o Autor

Editor Curta Viajar
Editor Curta Viajar
Alguém que está sempre querendo conhecer uma parte do mundo

Novidades em primeira mão

Receba as novidades no seu e-mail

  • Booking.com