O velho dilema que persegue a cultura do interior do Brasil. Viajar é coisa supérflua, para ricos ou quem tem dinheiro sobrando, ou ainda quando você junta um dinheiro e não vai precisar dele.
Agora me diga caro leitor, quem consegue juntar dinheiro? Ou ainda, quem junta dinheiro que não precisa? Se você esta na mesma situação que eu, que além de não conseguir fazer as duas alternativas, também não é rico, vivemos o mesmo dilema, ou compramos bens de consumo ou viajamos.
E ai sua consciência te pede para ter conselhos com amigos e familiares e o resultado é sempre o mesmo: compre coisas! Viajar é bobeira.
Na certa que não podemos ficar por ai viajando e viajando e gastando sempre todo o dinheiro, mas ponderar entre o que é necessário para viver e destinar parte de seus ganhos para usufruir com viagens, sem sombra de dúvidas é uma experiência única. Por vezes é difícil mesmo você olhar aquela roupa nova, ou ainda em viagens mais caras, a troca do seu carro e optar por adquirir conhecimento e cultura em uma viagem para outro país.
Porém, pense o seguinte: daqui alguns anos quando você estiver com seus netos, o que você vai contar pra eles? A experiência de ter tirado vários carros zeros ou cada uma das centenas das pessoas que você encontrou nos aeroportos e nos países que você conheceu. O que aprendeu com essas pessoas que provavelmente você nunca mais as verá na vida, mas guardou em seu coração e na sua mente cada segundo vivido?
Você quer ser feliz? Então pare de comprar coisas e viaje mais!

Enjoy It!

Sobre o Autor

Editor Curta Viajar
Editor Curta Viajar
Alguém que está sempre querendo conhecer uma parte do mundo

Novidades em primeira mão

Receba as novidades no seu e-mail

  • Booking.com